Truques do escritor (parte 05)

29/11/2014 22:27

 

Olá!

Vamos à quinta parte dos “truques do escritor”!

Espero que gostem e aprendam um pouco o meu jeito de escrever e, lembrando, cada autor vai ter seu estilo e técnicas pra desenvolver sua escrita, então procurem sempre criticar e não aceitar tudo que lhes é falado. O ideal é que você fale e/ou aprenda com o maior número de escritores possível, assim você saberá como cada um desenvolve seus textos. Vamos lá:

 

TRUQUE DO ESCRITOR No. 09: Visualize as cenas antes de escrever

 

Pouco antes de colocar os dedos no teclado (ou escrever com papel e caneta/lápis) e começar a escrever, eu passo poucos minutos com os olhos fechados, visualizando as cenas que ocorrerão e todas aquelas que já aconteceram até ali na narrativa. Isso ajuda muito no processo de desenvolvimento, principalmente pra saber onde se quer chegar. E eu estou falando de fechar os olhos e de ficar alguns minutos, mesmo, literalmente de olhos fechados, se concentre e tenha disciplina para isso.

Para o final de O Caminho dos Mortos, eu fiz esse exercício por uma hora para saber que tipo de final eu queria. Uma hora. Literalmente, com os olhos fechados visualizando todas as cenas, diálogos e acontecimentos que iriam ocorrer naquela finalização de livro. Claro que muitos elementos foram escritos depois, mas a maior parte das ideias foi desenvolvida naquele momento, de olhos fechados, e ouvindo alguma música temática do momento.

Esse exercício e técnica mental vai lhe ajudar a se imergir no universo imaginário. Quanto mais vezes fizer, mais terá prática, contanto que quando abrir os olhos, as palavras começarão a ser digitadas de uma maneira natural.

 

 

TRUQUE DO ESCRITOR No. 10: NÃO faça pequenas pausas

 

Esse negócio de pausar a cada 20 minutos ou meia hora, ou até uma hora não acho muito produtivo. O ideal, no meu caso, é escrever até cansar. Se você se cansar em 50 minutos, pronto, pare e escreva em outro momento. Se aguentar por duas horas seguidas, ótimo. O tempo de escrita vai depender do seu ritmo/ânimo/vontade de escrever e não tem uma duração produtiva certa ou errada. Enquanto aquele tempo criando textos lhe agradar, você estará no caminho certo, o do amor pela arte de escrever. O que não acho interessante é você ficar parando de tempos em tempos pra tomar um café, beber uma água, ir ao banheiro, ligar pra num sei quem, mandar mensagem pelo celular, verificar e-mails ou redes sociais etc, tudo isso muitas vezes é seu organismo que faz automaticamente: a famosa enrolação, e você/seu organismo se defende naturalmente daquilo que lhe cansa/estressa/causa dor. Para combater isso basta ter disciplina, persistência naquela atividade e amor pelo que faz. Escreva até onde der e pare de enrolação. Se for fazer alguma atividade que vai lhe tomar tempo escrevendo na frente do notebook ou do papel e caneta, faça todas elas antes de escrever. Não precisa ser só 30 minutos ou boas 3h de escrita, apenas siga seu ritmo, evitando procrastinar o máximo possível.

 

 

Por hoje é só!

Espero que aproveitem!

Abraços!

 

PABLO VARGAS

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!